Ouvindo a Sua voz

Papo Serio - Como ouvir a voz de Deus

Oi, amorexx ❤ Tudo bem?

Cá estou eu novamente para dar continuidade a essa nova fase do Papo Sério, que estou abrindo um pouco mais da minha vida sobre o cristianismo na prática, digamos assim. E hoje eu vou contar minhas primeiras experiências ouvindo a voz de Deus, como podemos identificar a Sua voz e as formas que Ele usa para se comunicar conosco.

Quem está nessa caminhada de blogueira comigo há algum tempo, já sabe que em um post ou outro eu declaro a minha total incapacidade de me lembrar de coisas recentes  (risos). Portanto, não sei se tive outras experiências desse tipo antes, irei contar pela ordem que me lembro, okay? 😊

A primeira vez que ouvi a voz de Deus, eu não tive dúvida. Sei que esse “pensamento” não veio de mim, mas com certeza eu precisava fazer aquilo. Meu coração andava bem amargurado e rancoroso e foi quando Deus me disse para perdoar uma amiga que gostava muito, mas que tinha me decepcionado e eu resolvi pagar na mesma moeda. Não me recordo de outra ocasião que tenha tomado uma atitude assim, porém, dessa vez, não havia me arrependido. Essa atitude acabou a magoando também, e isso acarretou uma guerra fria entre nós a ponto de ficarmos sem se falar por vários dias. Mas depois da instrução do Espírito Santo, eu quebrei o meu orgulho e mandei uma mensagem para ela. Foi eu que comecei, então seria de mim que deveria vir a reconciliação, pensei. Uma das maiores lições que já tive nesses 2 anos de conversão. Afinal, se recebemos perdão, é necessário que também aprendamos a perdoar.

E, quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial perdoe os seus pecados. Mas, se vocês não perdoarem, também o seu Pai que está nos céus não perdoará os seus pecados.”

Marcos 11:25‭-‬26

Minha segunda experiência também tem a ver com o perdão, mas também com amor próprio (essa vocês já conhecem por meio do meu testemunho). Se engana aquele que pensa que Deus não quer que nos amemos, até porque não estaria em um de Seus mandamentos “amar ao próximo como a ti mesmo” (Lucas 10.25-28) se não pudéssemos nos amar. Como eu posso amar alguém como a mim, se não me amo? Também é inviável amar outra pessoa e não ter nem um pinguinho de amor por ti mesmo (apesar de não ser uma situação tão rara assim). A questão é com os extremos, não podemos confundir amor próprio com egocentrismo. Disso, sim, o Pai não se agrada.

Pois bem, em uma fase da minha vida eu não tinha muito amor por mim (como o exemplo acima), tanto é que colocava a minha felicidade nas mãos de terceiros. Ora, isso é tão injusto comigo, quanto com a outra pessoa, pois é uma responsabilidade muito elevada e – sejamos sinceros – todo ser humano está suscetível a erros, principalmente se tratando de relacionamentos. Mas eu não entendia isso ainda. E quando eu estava mergulhada em um mar de sofrimentos, Deus me despertou para começar a me amar e abandonar esse barco – que já estava mais que furado, rs.

Poucos sabem o que é sair de um relacionamento frustrado e não sentir mágoa da outra pessoa, mas graças a Deus (literalmente) eu aprendi isso a tempo. Como é bom não ter a mente nem o coração pesado por causa de decepções passadas, ao invés de permanecer amargurado e sempre planejando algo para dar o troco.

Mas eu digo a vocês que estão me ouvindo: Amem os seus inimigos, façam o bem aos que os odeiam, abençoem os que os amaldiçoam, orem por aqueles que os maltratam. Se alguém bater em você numa face, ofereça-lhe também a outra. Se alguém tirar de você a capa, não o impeça de tirar a túnica. Dê a todo aquele que pedir, e se alguém tirar o que pertence a você, não lhe exija que o devolva. Como vocês querem que os outros lhes façam, façam também vocês a eles.”

Lucas 6:27‭-‬31

A terceira e a última experiência desse post é muito especial para mim, pois conta como esse quadro surgiu aqui no blog 💟 Não me lembro (novidade 🙄😅) exatamente como foi, entretanto me recordo perfeitamente como o Espírito Santo de Deus me disse: “Use a sua influência para tornar o Reino conhecido a outras pessoas”. Desde que tive esse insight, comecei a colocar os neurônios para funcionar para achar um nome que se encaixasse a esse tema e como seriam os posts sobre cristianismo, já que nunca havia falado sobre esse assunto aqui no blog. Mas como esse cantinho se enquadra mais como um blog de lifestyle (onde compartilho sobre assuntos que gosto e o que ando fazendo), a tarefa não foi tão difícil, rs.

Enfim, esse nem seria o post que eu estava pensando em escrever, mas quando Deus pede a gente tem que fazer, não é mesmo? Pense a respeito e evite não atender os pedidos do nosso Pai, pois Ele sabe o que é melhor para nós. Quando reconhecemos a Sua voz e fazemos o que nos foi proposto, iremos cada vez mais viver na dependência Dele e não iremos nos decepcionar. Quem não é do meio cristão pode até achar loucura Deus falar com alguém, mas Ele fala – e é maravilhoso 😍 No entanto, temos que tomar cuidado para não acharmos que algo veio de Deus, sendo que Ele não nos disse nada. Para termos sabedoria para discernir quando algo vem Dele, precisamos conhecer a Sua vontade – que, geralmente, já está ao nosso alcance de conhecimento, na Bíblia – e as formas que Ele fala.

 

7 maneiras de ouvir a voz de Deus

Um ponto importante a se mencionar é não levar tudo ao pé da letra, caso não se tenha certeza da procedência. Tenha certeza que se fere a vontade do Pai, aquilo não veio Dele, mesmo que tenha vindo de alguém que você considere ungido para tal. Desacelere e olhe para dentro de si, se o que foi dito te deixa com um sentimento ruim ao invés de paz, desconsidere.

Que a paz de Cristo seja o juiz em seu coração, visto que vocês foram chamados para viver em paz, como membros de um só corpo. E sejam agradecidos.”

Colossenses 3:15

Um dos erros mais comuns é achar que sempre que Deus fala acontece algo miraculoso ou sobrenatural, quando na verdade é bem mais simples, apesar disso não ser impossível. Não devemos O limitar, Ele é soberano e pode se revelar da forma que quiser, mas as 7 maneiras que vou listar abaixo são as mais comuns:

 

❤ Palavra

Nas Escrituras (Bíblia) encontramos tudo que necessitamos, inclusive quando queremos obter uma resposta, nem precisamos perguntar para Deus, pois já se encontra em Sua Palavra. Porém, Ele também a usa para respostas específicas, nos encaminhando para um versículo ou capítulo que se encontra o que precisamos ouvir.

 

❤ Testemunho interior

Sendo um dos meios mais comuns, o testemunho interior (também conhecido como voz interior) é aquela forte e constante sensação que vem na sua mente, como se fosse um pensamento. Só conseguimos perceber essas ideias quando estamos intimamente ligados com o Pai, tendo um relacionamento com Ele. Como dito acima, é importante fazer distinção dos pensamentos, pois muitas vezes pode ter vindo de nós mesmos.

 

❤ Voz audível

Ouvir a voz de Deus de forma audível é uma das mais raras maneiras de acontecer. Um dos exemplos bíblicos desse fato é o de Elias, quando se escondeu numa caverna por estar sendo perseguido. Houve vento forte, terremoto e fogo, mas ele ouviu a Deus no murmúrio de uma brisa suave (1 Reis 19.11-13).

 

❤ Pregações e Louvores

Enquanto estamos no momento de adoração ou nos alimentando da Palavra, também podemos obter respostas de Deus. Já perdi as contas de quantas vezes já recebi consolo assistindo a uma pregação ou um vídeo cristão, por exemplo.

 

❤ Profetas

Sim, Deus ainda levanta profetas, isso não foi só no passado, não. Entretanto, devemos nos lembrar do que há na Bíblia sobre os falsos profetas para que não sejamos iludidos (Deuteronômio 13.1-4). Nós os identificamos pelas suas atitudes, se essa pessoa produz os frutos do Espírito, é menos provável que você tenha recebido uma pofetada (termo muito utilizado para falsas profecias). Mas não é porque existem alguns falsos que deixe de existir os verdadeiros. Não se deixe levar pelo que um falou, espere a confirmação de Deus por outra pessoa ou pelo seu testemunho interior.

 

❤ Sonhos

Outra maneira bem comum, principalmente para quem tem algum dom de revelação, é através de sonhos. Portanto, se não conseguir interpretar qual mensagem tal sonho quis passar, peça a Deus para que te revele, assim como o sonho do Faraó que José interpretou mediante o entendimento que Deus lhe deu (Gênesis 41.15-16).

 

❤ Eventos sobrenaturais

Como já disse, não podemos limitar a Deus, Ele se revela a quem quer e da forma que quer. Tais eventos sobrenaturais podem ser visões, anjos ou qualquer outra coisa inesperada. Quem possui visão aberta (quem consegue discernir o mundo espiritual com os olhos abertos), por exemplo, é mais sensível a esse “contato”.

 

Essas são as maneiras mais comuns de ouvirmos a voz de Deus e vocês também puderam conferir algumas das minhas experiências com essa dádiva, que é “conectar” o nosso espírito com o Espírito de Deus. Espero que vocês tenham gostado e que esse post tenha edificado a fé de vocês. Um grande beijo e fiquem na paz do Rei Jesus 🙏🏻

 

Com amor,
Liz ❤

 

 

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Instagram • Facebook  Google+  Pinterest

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s