Ame seu próximo

Amor

Oi, amorexx ❤ Tudo bem com vocês? Espero que sim!

No Papo Sério de hoje vamos falar um pouco sobre vários assuntos, mas é claro que no centro vai estar o amor, pois sem amor nem cristãos somos, não é mesmo? As pessoas têm se tornado muito egoístas ultimamente, o que fazem com que “olhem para o seu próprio umbigo”, enquanto não enxergam seus erros e só veem os erros dos outros. Querem sempre estar com a razão e nem ligam para a possibilidade pedirem desculpas pela arrogância. Isso gera uma cadeia de julgamentos que mais atrapalham do que ajudam os seus próximos, talvez para o próprio engrandecimento ou sei lá o quê. Acredito que esse tipo de comportamento não seja mais novidade para ninguém, portanto precisamos falar sobre isso. Antes de preparar o roteiro desse post, li vários posts sobre empatia – ou melhor, a falta dela – e parando para refletir não poderia deixar de incluir esse assunto, pois a falta de empatia também gera julgamentos, muitas vezes até precipitados. E não estou me tirando do jogo, em algumas situações me pego falando coisas que depois me arrependo, mas o importante é que estou buscando melhorar isso e acho que todos deveriam procurar a melhoria também – por um mundo melhor!

Irmãos, não falem mal uns dos outros. Quem fala contra o seu irmão ou julga o seu irmão fala contra a Lei e a julga. Quando você julga a Lei, não a está cumprindo, mas está agindo como juiz. Há apenas um Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e destruir. Mas quem é você para julgar o seu próximo?”

Tiago 4:11‭-‬12 NVI

Com o avanço das redes sociais, por exemplo, hoje em dia sabemos vários detalhes da rotina de outras pessoas, compartilhados através dos famosos stories ou até mesmo pelas publicações. Infelizmente, essa brecha enorme faz com que algumas pessoas se achem no direito de fazer comentários ofensivos por pensarem que sabem de toda a vida da pessoa afetada. Perdi as contas de quantas vezes já li frases como “ah, mas Fulana nasceu em berço de ouro, por isso conseguiu tanta coisa”. Enquanto algumas pessoas acham que a tal Fulana consegue tudo fácil, ela está batalhando e correndo atrás dos seus sonhos. Esse tipo de julgamento de que “a grama do vizinho é mais verde que a minha” se parece mais como uma desculpa para os preguiçosos de plantão, aqueles que não tem força de vontade para não desistir do que quer. Esse é só um dos milhares de exemplos que eu poderia mencionar apenas em casos que acontecem nessas mídias. Imaginem quantos mais todo mundo ouve por outros meios ou até pessoalmente e precisa engolir em seco? Quando o julgamento gira em torno de vícios, traição, mau temperamento… aí mesmo é que dá o que falar, principalmente entre os cristão – infelizmente. O julgamento é uma característica humana, mas precisamos pensar e se perguntar se aquilo que está prestes a falar vai ajudar ou não o próximo.

Portanto, você, por que julga seu irmão? E por que despreza seu irmão? Pois todos compareceremos diante do tribunal de Deus. Porque está escrito: “ ‘Por mim mesmo jurei’, diz o Senhor, ‘diante de mim todo joelho se dobrará e toda língua confessará que sou Deus’ ” . Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus. Portanto, deixemos de julgar uns aos outros. Em vez disso, façamos o propósito de não pôr pedra de tropeço ou obstáculo no caminho do irmão.”

Romanos 14:10‭-‬13 NVI

Sinceramente, não entendo o motivo da maioria das pessoas só querer o bem para si mesmo. É muita frase pronta e pouca atitude, sabe? Não consigo entender! As relações recíprocas quase não existem mais, chega a ser incoerente. O que acontece com “gentileza gera gentileza”, “mais amor, por favor”, dentre tantas outras frases de efeito que só servem quando estão sendo atacados? E quando você ataca os outros com seus achismos, o amor, a generosidade e a empatia não servem? Digo novamente, não consigo entender o porquê de algumas pessoas se colocarem num pedestal e cobrarem dos outros o que nem elas fazem.

Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês. Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Deixe-me tirar o cisco do seu olho’, quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão.”

Mateus 7:1‭-‬5 NVI

Não quero que pensem que estou sendo radical a ponto de abolir todos os tipos de julgamento, afinal os juízes precisam exercer seu papel para que a justiça seja feita, estou me referindo aos pitacos que alguns se acham no dever de dar na vida do outro. Mesmo que seja um ato impróprio, devemos repreender com amor e ensinar o certo (2 Timóteo 2.24-26). Se coloquem no lugar da pessoa antes de fazer qualquer coisa, reflita se gostaria que fizessem a ti o que não faz com os outros (Mateus 7.12).

Outro ponto importante é o ódio que anda sendo disseminado simplesmente por não ter a mesma opinião. Nos separamos no momento em que precisamos nos aproximar, pois somos o corpo de Cristo (Romanos 12.4-5). Alguns acham que apenas uma religião será salva, quando nenhuma delas salva ninguém. Somos salvos pela graça, Deus julgará nossos corações.

Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie. Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos.

Efésios 2:8‭-‬10 NVI

Diante de todos esses fatos, vemos o quanto precisamos refletir sobre nossas atitudes e mudar – para melhor, claro.

Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’. Mas eu digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem.”

Mateus 5:43‭-‬44 NVI

E como último conselho de hoje, digo que devemos aprender a respeitar o espaço do outro, as opiniões dos outros, ajudar no que pudermos ao invés de julgar e atrapalhar, esquecer quem nos magoou e amar a todos, mesmo que nos tenham feito mal. Nossa vida deve ser um livro aberto, precisamos ser sal e luz para o mundo (Mateus 5.13-16) para que vejam Deus em nós. Precisamos fazer a diferença, em atitudes, palavras e até pensamentos.

Amados, amemos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.”

1 João 4:7‭-‬8 NVI

Que o amor reine nas nossas vidas e que possamos espalhar esse amor por onde a gente for – e que essa não seja mais uma frase de efeito, hein? rs.

Espero que tenham gostado, meus amores. Se você gostou desse post, não deixe de conferir os outros da série! Estou indo, mas eu volto, viu? Um beijo e fiquem na paz do Senhor Jesus 🙏🏻

 

Com amor, Liz ❤

 

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Instagram • Facebook  Google+ Pinterest

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s