20 sonhos que realizei antes dos 20 anos | BEDA #9

20 sonhos que realizei antes dos 20 anos

Hello, amorexx ❤ Tudo bem com vocês?

É, meu último dia com 19 aninhos. Ô, meu Deus, como o tempo passa rápido, rs. Pode até não parecer, mas já estou véia demais, Seeenhor (se não tiver drama, pode chamar o FBI porque alguma coisa vai ter acontecido comigo) 😂 Enfim, mais um ano de vida cheio de aprendizados, lutas, conquistas e pensamentos mudados. Alguns desses momentos vividos eu contei em um post com os meus melhores momentos de 2017, caso alguém ainda não tenha visto.

Como de costume, vim dividir com vocês, até como forma de recordação também, os 20 sonhos que realizei antes dos 20 anos. Para deixar claro, nesse post vou contar os sonhos mais simples, aqueles que tive desde criança. Ou pequenos sonhos que contribuem para a realização de sonhos maiores. Mas não se preocupem, porque eu vou dividir TUDO com vocês quando esses sonhos também se realizarem, ta bom? Afinal, esse é o cantinho onde eu guardo minha coleção de sonhos após dezoito 💭💖

 

Leia também:
19 coisas que aprendi com 19 anos

 

1. Ter um bichinho de estimação

Sempre fui apaixonada por animais e ter um companheirinho todos os dias era um desejo muito grande, principalmente quando criança. Quem ganhou primeiro um espacinho no meu coração foi o Baby, um agapornis (uma espécie de ave), e logo demos para ele uma companheira, a Pituka (que, infelizmente, já se foi). Depois que me mudei, pude ter bichinhos que precisam de mais espaço (antes eu morava no andar de cima e “não tinha” quintal), foi aí que chegou o Romeu, o gatinho mais fofo que conheço 😹😻

 

2. Andar a cavalo

Aaah, como eu adoro cavalgar, sentir o vento na cara e apreciar a paisagem em volta. Infelizmente, o sonho de ter um cavalo – para chamar de meu (risos) – ainda não rolou, por isso não tenho muitas oportunidades de cavalgar. Mas as vezes que andei só me deixou mais apaixonada por esse “bichinho”.

 

3. Aprender a patinar

Sabe aquela frase que diz que “quem aprende nunca esquece”? Quando o assunto é patins eu descarto essa possibilidade, rs. Tenho certeza que se eu for tentar hoje vou me estabacar no chão 😂 Aprendi a andar de patins quando criança e, até hoje, esse é um dos meus esportes favoritos (considerando o fato de eu não gostar de quase esporte nenhum, rs). Nessa época era muito legal reunir os amigos depois da escola e fazer esse tipo de exercício. Às vezes, até rolava uma competição e, como eu não sou nem um pouco competitiva (pra não dizer o contrário, kkk), topava na hora.

 

4. Comprar meu material escolar inteiro do Pooh

Cara, era muito bom ser criança, rs. Nessa fase a gente é tão inocente e toma como sonhos coisas tão simples, sendo capaz de ser feliz com pouquíssimas coisas. Que eu continue conseguindo apreciar as pequenas coisas da vida. Amém! Enfim, me lembro que desde a infância gostava de vários personagens – e ainda gosto -, mas meu preferido era o Pooh. Também sempre gostei dessas coisinhas de papelaria, então quando fui comprar meu material escolar (que era um dos melhores momentos do ano, perdendo apenas para o Natal) do Pooh fiquei toda alegre, nem acreditei, rs.

 

5. Ter amigos de verdade

Quem nunca quis isso, né? O problema é que, as vezes, nós damos esse título para pessoas que não merecem, que não são nossos amigos do tipo “pau pra toda obra”, que se mandam nos momentos tristes e só aparecem nos momentos alegres. Depois de muitas decepções da vida, hoje posso me orgulhar e agradecer a Deus por realmente ter amigos que me apoiam, me aconselham, me ouvem com voz de choro e ainda CONTINUAM comigo quando a barra pesa. Entre eles, inclusive, ainda tenho uma que a blogosfera me trouxe (mais uma coisa boa que esse cantinho tem me dado ❤).

 

6. Conhecer o teatro e o cinema

Apesar de muitas pessoas terem essas experiências desde bem novinhas, comigo não foi assim. Minha primeira ida ao cinema foi com mais de 10 anos, e ao teatro ainda mais velha que isso. Mas, antes tarde do que nunca, né? rs. Sempre tive vontade de conhecer aquele palco enorme e aquele telão giga que eu ouvia as pessoas falarem. Isso sem contar que eu adoro filmes e apresentações, então isso foi um marco na minha adolescência.

 

7. Adquirir o hábito da leitura

Quem já me acompanha aqui sabe que há algum tempo eu tinha muita, mas MUITA preguiça de ler livros. O que soa um pouco estranho, já que quando criança eu gostava bastante de ler quadrinhos e contos infantis. Já na adolescência, hora ou outra até pegava livros na biblioteca da escola que eu considerava interessantes, mas as leituras eram abandonadas toda vez. Como eu fiz para mudar isso? Simples! Eu apenas comprei livros que realmente me interessavam e tive força de vontade para ler ele todo. E aí, depois que você lê um, a gente fica com vontade de ler mil, rs.

 

8. Ir a uma Bienal de Livros

Depois que eu me apaixonei pelo mundo literário, é claro que uma Bienal não poderia ficar de fora. Adorei ver as livrarias participantes e como lá é organizado. Uma experiência que pretendo ter novamente, com mais dinheiro agora para poder comprar muitos livros, né? Kkk

 

9. Ter uma coleção de livros

Pode até ser bem pequena ainda, mas já fico orgulhosa de tê-los. Não vejo a hora de arrumar esses e os outros livros que pretendo comprar em uma estante modulada toda branquinha (outro sonho! Será que até os 21 sai?) 😍

 

10. Conseguir ler toda a Bíblia

Sempre tive vontade de ler a Bíblia toda, mas quando eu olhava para a grossura e as letrinhas miúdas eu desistia na hora (quando ainda não tinha o hábito de ler), rs. Mas no ano passado quis mudar isso, e uma das minhas metas foi ler a Bíblia em um ano. Consegui concluir a meta até antes disso, o que para mim foi incrível.

 

11. Fazer uma trilha

Apreciar a natureza sempre foi uma das minhas coisas preferidas, principalmente o pôr-do-sol 🌅💛 Quando tive a oportunidade de subir o Morro do Itaóca (o mais conhecido aqui da minha cidade) aceitei de cara. E não me arrependo de nada, apesar do cansaço que deu, rs. Quero muito ver de novo aquela imensidão verde e azul que me fez ficar encantada 💕

 

12. Descobrir minha vocação

Nessa idade, muitas pessoas ainda não sabem o que querem seguir na vida (não estou julgando). Graças a Deus, desde os 15 anos já sabia qual profissão queria seguir, mesmo tendo tantos outros gostos, amo construção e adoro as matérias que envolvem a Engenharia Civil. Agora é só correr atrás para alcançar mais esse sonho 💪🏻🛠📚

 

13. Ser mais organizada

Como disse ali em cima, desde a infância gostei de artigos de papelaria, mas isso não significa que eu tenha sido a vida toda organizada. Pelo contrário, tinha agenda e até anotava as datas importantes, mas não tinha o hábito de olhar todos os dias, o que acarretava em esquecer as datas das provas, trabalhos e estar sempre fazendo as coisas em cima da hora. Isso é horrível, porque essas coisas acabam não saindo bem feitas e, assim como contei no post com 50 fatos sobre mim, eu também sou perfeccionista, então essas duas características juntas não se dão muito bem. Precisei melhorar, me esforcei para isso e a satisfação em ver as tarefas prontas muito antes do prazo é sem comparação!

 

14. Me tornar mais produtiva

Esse é outro aspecto que estou mudando. Não sou a Senhorita Produtividade, mas sei que estou melhor que ontem, e amanhã vou estar melhor que hoje. Ver que suas tarefas do dia foram concluídas e não viraram uma bola de neve da urgência, também é muito satisfatório.

 

15. Ter um planner

Parte da minha organização e produtividade veio do método tradicional do Bullet Journal, que nada mais é que um planner, porém totalmente personalizável. Antes eu usava agendas, mas a maioria das folhas não eram utilizadas e aquele tipo de organização não servia mais para mim. Já no BuJo eu faço as páginas de acordo com a minha necessidade e não preciso deixar meus dois rins na loja na hora de comprar um planner 😂

 

16. Fazer minha primeira compra online

Outra coisinha boba que eu tinha muita vontade. A gente sabe que comprar pela internet hoje em dia nos traz facilidades, mas pode trazer também prejuízos. Talvez por esse medo – e por outros fatores – isso não tenha acontecido antes, mas pra tudo tem uma primeira vez, não é mesmo? Agora já sei como funciona o processo e, com certeza, quero comprar muito mais vezes – com cautela, é claro! HAHA 😌

 

17. Me entender com meu cabelo

Já fiz um post contando sobre a história do meu cabelo, então se você não viu ainda vai lá e depois volta aqui.

Depois que passei a gostar do meu cabelo do jeitinho que ele é e aprender a cuidar da forma que ele precisa, tudo ficou melhor. Aceito meu frizz, aceito meu volume, aceito meus cachinhos ainda indefinidos, me aceito como sou. Sem falar que toda vez que vejo uma mecha quase natural, sem nenhuma ponta dupla e várias ondinhas, fico ainda mais in love 😍💆🏻

 

18. Me tornar uma blogueira

Esse sonho não nasceu de uma hora pra outra, mas sempre gostei de me expressar através de palavras. Em 2015, comecei a acompanhar várias blogueiras e adorar esse trabalho, daí foi surgindo a vontade de ter um blog também e produzir conteúdo. E só em 2016 que, depois de muitas pesquisas, eu finalmente decidi entrar nesse mundo da blogosfera.

 

19. Ter pessoas que se inspiram em mim

Vou confessar que vocês fazem melhor pra mim do que eu devo fazer para vocês, sério! Me sinto gratificada por cada visitante, visualização, curtida e comentário. Vocês são quem me incentivam a continuar produzindo conteúdo, a não me conformar e buscar sempre a melhoria, e a me lembrar o quão especial vocês fazem eu me sentir. Há quase dois anos blogando e esse amor pela escrita só aumenta. Obrigada por separarem um tempinho do seu dia para ler as coisas que escrevo, para me encher de carinho – mesmo que indiretamente. Sou muito grata a vocês por tudo, especialmete por darem sentido a esse cantinho aqui ❤

 

20. Conseguir fazer um #BEDA

Enfim (deixa eu secar minhas lágrimas, rs), desde que comecei a blogar tive vontade de colocar esse projeto em prática, mas não foi possível na época. Só quem decide fazer posts todo dia em um mês sabe o quanto é difícil pensar em conteúdos que seus leitores vão querer ler e, principalmente, produzir esses conteúdos – até porque a qualidade não pode diminuir. Mas quando a gente quer, a gente consegue. Precisei de muita dedicação durante meses para tornar isso possível e não me arrependo de nada. Está valendo muito a galinha (risos) ver o blog cheio de posts legais. Me contem se estão gostando também!

 

Sei que falei demais, mas não desistam de mim 😅 Adoro posts que vocês tem a oportunidade de me conhecer mais um pouquinho! Me contem sobre seus sonhos também, quero conhecer vocês, amores 💞 Espero que tenham gostado, um beijo e fiquem com Deus 🙏🏻

 

Com amor,
Liz ❤

 

 

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Instagram • Facebook  Google+ Pinterest

 

Banner BEDA - Blog Sonhos apos Dezoito

20 comentários sobre “20 sonhos que realizei antes dos 20 anos | BEDA #9

    • Oi, Lary! Obrigada! Mais uma década para me deixar de cabelos brancos de uma vez, HAHA. Que bom que gostou! Também adoro quando chega meu aniversário, ansiedade a mil, rs. Pense pelo lado bom, isso já é um começo! Pesquise quais áreas tem a ver e veja se ela se encaixa nos teus gostos e se você ficaria feliz em trabalhar com aquilo. Só não escolha por impulso, medo ou por qualquer outra coisa, ta bom?

      Beijos 😘

      Curtir

  1. Olá, Elizangela! Tudo bem? Fico feliz que tenha realizado tantos sonhos e fico mais feliz ainda por mais um ano de vida que você completou. Somos duas sonhadoras de vinte anos de idade e sei que Deus está preparando algo muito grande para você. Continue sonhando para que Ele continue realizando seus sonhos. Parabéns!
    Att. Tayná Carolinne

    Curtido por 1 pessoa

    • Se eu disser que estou quase chorando tu iria acreditar? rs. Acredito muito que Deus tenha te usado para dizer isso, pois estou há um tempo esperando por uma promessa Dele. Sei que preciso ser paciente e estar preparada para o que virá, mas somos humanos e as vezes nos entristecemos. No entanto, Deus é misericordioso e sei que me perdoa por essa minha falha. Enfim, estou ainda mais confiante depois das suas palavras. Obrigada, Tay!
      Ah, que bom que também tem diversos sonhos! Afinal, é por eles que somos impulsionados a viver melhor, a buscar nossos objetivos. Que Deus abençoe cada um deles!

      Um grande beijo e volte sempre que quiser ❤

      Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: Tag: BEDA | BEDA #30 | Sonhos Após Dezoito

  3. Pingback: 4 on 1: Abril 2018 | Sonhos Após Dezoito

  4. Pingback: 4 on 1: Maio 2018 | Sonhos Após Dezoito

  5. Pingback: Compartilhei: 8 coisas que aprendi em 2018 | Sonhos Após Dezoito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s