Compartilhei: 8 métodos de estudo para turbinar seu aprendizado

Processed with VSCO with hb1 preset

Foto: Divulgação/Pinterest

 

Oii, amorexx ❤ Tudo bem com vocês?

Mais uma vez eu venho aqui falar sobre estudos, na tentativa de ajudar a quem anda procurando mais dicas e métodos para aprender, principalmente quem estuda sozinho.

Ah! E se você está achando estranho esse quadro não ser no último dia do mês, não fique pensando que troquei as bolas, rs. Essa é uma das mudanças que eu disse que ia acontecer no primeiro post do ano, lembra? Então, agora o Compartilhei não tem dia fixo, ele pode aparecer sempre que eu quiser dividir algumas dicas ou inspirações com vocês. O que acham dessa mudança? Espero que gostem!

 

Leia também:
Compartilhei: 10 links úteis que te ajudarão a passar no vestibular
Compartilhei: Inspirações de Decoração da Escrivaninha/Home Office + Dicas de como ir bem nos Estudos

 

Minha experiência na escola nunca foi das mais admiráveis. Calma! Eu não tirava nota vermelha, mas também deixava sempre para estudar em cima da hora para as provas, deixava os exercícios por fazer (quando valia nota eu ia correndo pegar cola 😅😂 Quem nunca?), não me preparei para o ENEM durante o Ensino Médio e hoje eu vejo a consequência de toda essa preguiça – sejamos sinceros, era preguiça mesmo, procrastinação, tudo isso e mais um pouco, rs. Se tivesse me empenhado desde aquela época, talvez hoje em dia eu já estivesse na faculdade. Mas isso foi até bom, pois permitiu que eu enxergasse o meu erro e consertasse a tempo. Aliás, um conselho que eu dou é: valorizem as oportunidades que vocês têm, para não cometerem o mesmo erro que eu cometi. Às vezes, essas oportunidades poderão “voltar”, mas outras não. Por isso, agora eu estou buscando meu sonho e gostaria de compartilhar com vocês alguns métodos de estudo que eu indico. Confiram:

 

1. Se distancie das distrações

Metodos de Estudo - Escrivaninha-Home Office
Foto: Divulgação/Pinterest

 

A primeira coisa que se deve fazer é procurar um cantinho limpo, organizado, que contenha apenas as coisas que precisam ser usadas, longe do barulho e de qualquer distração, esse é o ideal para quem precisa de concentração. Um ambiente confortável, porém que não seja na sua cama e nem que te chame para uma pausa que dura o restante do dia. Para se tornar produtivo é preciso deixar de lado algumas coisinhas, como o celular. Deixe-o o longe de você e, se possível, desligado. Até porque ninguém resiste a uma notificação que seja, a curiosidade toma conta, não é mesmo? Kkk

 

2. Crie uma rotina de estudos

Metodos de Estudo - Cronograma
Foto: Divulgação/Pinterest

 

Criar uma rotina de estudos é essencial para termos uma direção a seguir. Imagine que você já tivesse se programado para estudar a partir daquela semana, mas não planejou nada e quando chegou na hora não sabia nem por qual matéria iria começar. Chato, né? Por isso deve-se ter um planejamento/cronograma de estudos. Mas fique ligado, não adianta colocar lá uma meta que você sabe que não vai conseguir alcançar, seja realista.

A minha dica para esse cronograma é que você pense em quantas horas por dia terá livre para que possa acrescentar isso na sua rotina (sim, fazer do ato de estudar um hábito é muito importante!). Depois de separado aquele horário para estudar, é preciso decidir quantas matérias por dia você vai conseguir se concentrar. Novamente, seja realista! Não adianta ter apenas 2h livres e achar que dá para estudar umas 5 matérias de vez. Nem sempre quantidade significa qualidade. É melhor estudar somente uma matéria por dia, por exemplo, do que perder a qualidade. Outra dica – para quem tem mais tempo disponível – é intercalar matérias que você gosta com outras que não gosta, e deixar aquelas que tem mais facilidade para o final, pois o “peso” das matérias difíceis que você não gosta já vai ter passado e as que você deixou por último serão tipo um “prêmio de consolação”, sabe?

Também deve-se priorizar as matérias que tem mais dificuldade, porque demandam mais tempo para serem compreendidas.

O ideal é que esse planejamento seja feito semanalmente, para que sejam visualizados alguns excessos ou deficiências na semana anterior e melhorados para a semana seguinte.

Com essas dicas em mente, monte seu cronograma de modo que cubra as suas necessidades. A partir de agora é que entra a prática de verdade. Vamos lá?

 

3. Faça resumos

Metodos de Estudo - Resumos
Foto: Divulgação/Gabriel Freitas (@studygabriel)

 

Esse método é bem básico, porém muito eficiente. Quando feito a mão, aumenta as chances de aprender sobre o assunto, pois conforme você vai escrevendo o seu cérebro vai memorizado ainda mais.

Sempre que tiver uma aula ou ler sobre uma matéria, faça um breve resumo com as suas palavras explicando os pontos mais importantes do assunto.

 

4. Crie mapas mentais

Metodos de Estudo - Mapas Mentais
Foto: Divulgação/Geovanna Andrade (@geovannastudies)

 

Depois dos resumos, é hora de você “quebrar” ainda mais o que foi estudado. Para quem não sabe o que são mapas mentais, são apenas tópicos com frases curtas para lembrar algo importante sobre o assunto principal (geralmente são puxadas setas, como mostra na imagem).

 

5. Destaque o que é mais importante

Metodos de Estudo - Marcações
Foto: Divulgação/Ana Clara Fernandes (@viciodeumaestudante)

 

Outro método que ajuda bastante é grifar com cores diferentes as partes mais importantes do texto. Por exemplo, o azul para fórmulas, o rosa para palavras-chave (que podem – e devem – ser usadas no mapa mental), amarelo para frases mais relevantes e assim por diante. Dessa forma, você vai treinar o seu cérebro a gravar as cores conforme os seus critérios e, na hora da prova, você vai lembrar exatamente aonde estava aquilo que está sendo pedido na questão.

Marcar as páginas com post-it como meta de leitura ou com o assunto daquele capítulo para ficar mais fácil de achar depois, também ajuda na organização.

 

6. Tire dúvidas

Metodos de Estudo - Tire suas dúvudas
Foto: Divulgação/Google Imagens

 

Uma vez ou outra surge aquela dúvida, né? E não devemos deixá-la sem uma explicação, pode ser que isso te prejudique lá na frente. Sempre que tiver uma dúvida, procure um professor, um colega que saiba do assunto ou assista a uma vídeo-aula para não ficar com nada pendente, sem resposta.

Da mesma forma, ajude um amigo quando ele precisar. Uma das formas de memorização é você explicar sobre o que aprendeu para outra pessoa que tem dificuldade. Mas se não for o caso, pode repetir em voz alta, como se estivesse explicando para si mesmo. O ato de repetição faz com que o cérebro memorize o assunto.

 

7. Revise as matérias

Metodos de Estudo - Revisar matériasestudadas
Foto: Divulgação/Pinterest

 

Outro método de memorização é revisar tudo aquilo que você estudou ao longo do tempo. Pegue alguns resumos, mapas mentais e fichas, e revise aquelas matérias para não esquecer dos assuntos já aprendidos.

 

8. Resolva MUITOS exercícios

Metodos de Estudo-Resolver muitos exercicios
Foto: Divulgação/Google Imagens

 

Tenho certeza que você já ouviu falar daquela típica frase: a prática leva à perfeição, né? Então, a melhor forma de praticar o que aprendeu é resolvendo bastante exercícios. Além disso, já te deixa treinado para as provas.

Resolver os exercícios das provas anteriores é uma prática que os vestibulandos vêm adquirindo, realmente para se familiarizar com as questões, com o grau de dificuldade e com as matérias que mais caem. Essa é uma técnica que ajuda muito na prática.

 

Algumas fotos desse post foram retiradas dos perfis sobre estudos que sigo no Instagram. Essas fotos me dão motivação para não desistir do meu objetivo e chegar aonde quero. Eu indico muito seguir perfis para se inspirar e motivar durante a árdua caminhada, porque é bastante cansativa mesmo, rs. Aproveitando a deixa, me segue lá no Instagram (@lizmaartins) para não perder nenhum post que eu libero aqui, entre outras novidades 😉

Então é isso, meus amores. O post ficou um pouco longo, mas eu quis fazer bem completinho para vocês. Espero que tenham gostado, inspirado e motivado quem está nessa batalha. Acredite, uma hora a gente vence 🙌🏻 E você também que está no Ensino Médio ou em qualquer outro ano de escolaridade, vê ouve o meu conselho, hein? rs. Não deixem tudo para última hora, não procrastinem. Sei que existem distrações muito mais legais que estudar. Netflix que o diga 😂 Mas temos que priorizar nosso futuro, porque nada vai cair do céu, não. Aproveitem que 2018 está só no comecinho e se dediquem ainda mais nesse ano.
Um grande beijo e fiquem com Deus 🙏🏻

 

 

Com amor,
Liz ❤

 

 

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Instagram • Facebook  Google+ Pinterest

Anúncios

9 comentários sobre “Compartilhei: 8 métodos de estudo para turbinar seu aprendizado

    • Oi, Lary. Eu também sou assim, rs. Mesmo com tantas possibilidades eu ainda prefiro o bom e velho papel, seja para se organizar ou para estudar mesmo. Espero que quando voltar à faculdade continue com a mesma garra. Nunca deixe seus sonhos de lado, viu?

      Beijos

      Curtir

  1. Pingback: Faça você mesmo: 6 projetos de DIYs para organizar seu home office | BEDA #19 | Sonhos Após Dezoito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s